CEDAP UFRGS

Browsing Colunas Raul Pilla by Title

Browsing Colunas Raul Pilla by Title

Sort by: Order: Results:

  • Raul Pilla (Ai tem a Nação: não bastando a lei eleitoral, com todas as ensanchas que abre a fraude, para assegurar a vitória do despotismo contra a consciência popular, completou a a Ditadura com o decreto eufemisticaraente chamado contra os "trusts" e os monopólios. 0 sr. Getúlio Vargas não quer eleições, pelo menos eleições dignas deste nome: esta dito, esta visto, esta comprovado, Que quererá ele, então?, 1945-06-28)
  • Raul Pilla (Diário de notícias, 1945-04-06)
    E que o Partido Libertador, embora tenha tido oportunistas em seu seio, nunca foi um partido oportunista. Propugnou sempre tudo quanto Ihe parecesse útil ou necessário á coletividade, sem se preocupar com as consequências ...
  • Raul Pilla (Diário de notícias, 1949)
    A política do país prenuncia-se agitadíssima para muito breve.
  • Raul Pilla (Colhe-se de todos .Estes fatos: primeiro, não havia nenhuma necessidade urgente de uma lei contra os "trusts" e os monopólios; segundo, achava-se em adiantada elaboração uma lei relativa A mesma matéria; terceiro, ainda quando fosse urgente a necessidade, não se justificariam as monstruosidades do decreto sete vezes apocalíptico, que, em face da grita levantada dentro e fora do pais, o próprio governo parece disposto a corrigir., 1945-07-03)
  • Raul Pilla (1945-06-17)
    Muito não tardara o regresso do Corpo Expedicionário a Pátria. Já se Ihe anda a preparar a recepção festiva a que faz jús o seu sacrifício, e ate um monumento se esta cogitando de exigir-lhe
  • Unknown author (1953)
  • Raul Pilla (Microscópio, 1945-12-02)
    Pilla saúda a publicação próxima do "vocabulário oficial brasileiro", criticando os decretos que, irracionalmente, modificam a escrita de certos vocábulos.
  • Raul Pilla (Microscópio, 1943-10-14)
  • Raul Pilla (Microscópio, 1943-11-04)
    Pilla escreve uma coluna lamentando o uso de figuras católicas pelos militares argentinos, em uma tentativa de legitimar o novo governo.
  • Raul Pilla (Microscópio, 1943-12-25)
    No dia de Natal, o colunista lamenta que apenas durante um dia no ano a humanidade volte a seguir os ensinamentos de Cristo.
  • Raul Pilla (Microscópio, 1943-11-14)
    Coluna escrita por ocasião do 15 de novembro, em que o autor discorre a respeito das mudanças de regime ocorridas no Brasil nas décadas anteriores.
  • Raul Pilla (Microscópio, 1943-11-19)
    Traçando comparação com a mudança dos nomes de antigas ruas de Porto Alegre, o colunista advoga contra a renomeação da cidade de Rio Pardo.
  • Raul Pilla (Microscópio, 1943-10-24)
    Nessa edição da coluna, Pilla lamenta a morte de Romain Rolland, grande intelectual da época, "que dizem haver falecido num campo de concentração" nazista.
  • Raul Pilla (Microscópio, 1944-01-11)
    Pilla discorre a respeito das dificuldades impostas ao governo revolucionário, em termos de reconhecimento internacional, em comparação com seu análogo argentino.
  • Raul Pilla (Microscópio, 1943-12-28)
    Pilla saúda Churchill, chamado por Roosevelt de "cidadão do mundo", por ter ele evitado "a humanidade a maior das catástrofes", em um mundo cada vez mais interdependente.
  • Raul Pilla (Microscópio, 1943-11-23)
    Pilla defende a importância da existência de uma oposição a todo governo, como uma forma de colaboração critica. Como exemplo, cita o exemplo da Inglaterra, onde, mesmo em guerra, ainda se mantém a "liberdade de discussão".
  • Raul Pilla (Microscópio, 1943-12-23)
    Pilla lamenta a "tendência totalitária" observada na América Latina, onde a democracia é derrubada no mesmo momento em que regimes ditatoriais europeus, como o espanhol, "suavizam" seus métodos.
  • Raul Pilla (Microscópio, 1943-11-30)
    A coluna discorre a respeito da diferença entre as comoções provocadas pelo bombardeio aéreo de Londres, anos antes, e de Berlim, que ocorria naquele momento.
  • Raul Pilla (Microscópio, 1943-12-16)
    A coluna destaca a importância do conceito de igualdade entre nações, alertando sobre a necessidade do restante dos países de se juntarem as conversações sobre o pós-guerra com os Aliados, através da ONU (evitando, assim, ...
  • Raul Pilla (Microscópio, 1943-10-21)
    Pilla defende que "a paz, se a querem completa e verdadeira, deve ser delineada, não depois da vitória, mas durante a guerra". Ele expõe os temores de que, se não forem negociadas previamente as condições, em seguida ...

Search DSpace#1#


Advanced Search

Browse

My Account